Mulher com deficiência auditiva alega ter sido estuprada pelo padrasto e mais dois homens em MG

Crime ocorreu na zona rural de Uberaba na quarta-feira (12). Vítima afirmou que também foi enforcada e agredida com socos; padrasto foi preso e negou envolvimento com o crime. Uma moradora da comunidade rural Capelinha do Barreiro, em Uberaba, alegou ter sido estuprada pelo padrasto dela e mais dois homens na quarta-feira (12). Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima é deficiente auditiva e não conseguiu pedir ajuda durante o crime.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Conforme a ocorrência, a polícia foi chamada para a Unidade Básica de Saúde (UBS) da comunidade, onde a moradora recebia atendimento médico. Os funcionários disseram aos militares que a vítima é paciente há alguns anos, não sabe Língua Brasileira de Sinais (Libras) e se comunica de uma maneira própria entendida pelos familiares e pelas agentes de saúde.
Segundo eles, a mulher contou que dormia sozinha na casa dela quando foi surpreendida pelo padrasto e pelos outros dois rapazes. Eles a enforcaram e a agrediram com socos no rosto e puxões de cabelo.
Ainda de acordo com a ocorrência, em seguida, ela teria sido amarrada e estuprada pelo trio, que fugiu logo depois. Após o crime, a mulher procurou a ajuda de vizinhas, que a levaram até a unidade de saúde.
Suspeito foi preso
Depois de deixar a UBS, os militares começaram as buscas pelos três suspeitos. O padrasto da vítima foi encontrado em uma fazenda na comunidade e foi preso em flagrante.
Conforme a PM, ele negou ter cometido o crime e ficou em silêncio em seguida. Os outros dois suspeitos ainda não foram localizados.
LEIA TAMBÉM:
PATOS DE MINAS: Trabalhador morre soterrado em obra de loteamento em Patos de Minas
SACRAMENTO: Bandidos invadem funerária, rendem funcionários e roubam veículo
BRASIL: Governo decide combater empresas de vendas online que sonegam impostos de importação
📲 Confira as últimas notícias do g1 Triângulo e Alto Paranaíba
📲 Acompanhe o g1 no Instagram e no Facebook
📲 Receba notícias do g1 no WhatsApp e no Telegram
VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Adicionar aos favoritos o Link permanente.