PAI de Juiz de Fora passa a funcionar no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus


Mudança estava prevista após um acordo firmado entre a Prefeitura e o Ministério Público de Minas Gerais. Antigo espaço foi alvo de denúncias e reclamações. Nova sede do PAI em Juiz de Fora
Andre Lamounier/TV Integração
O Pronto Atendimento Infantil (PAI) de Juiz de Fora passa a funcionar nesta quinta-feira (13) em um prédio anexo ao Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ), no Bairro São Mateus. A mudança havia sido informada pelo g1 na última semana.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A alteração estava prevista em um Termo de Compromisso firmado entre o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Prefeitura, que previa adequações ao atendimento, incluindo funcionamento 24 horas.
Episódios recentes relatados pelo g1 mostram uma série de acontecimentos no ambiente hospitalar, que levaram inclusive a casos de polícia. No decorrer dos anos, o espaço também foi alvo de denúncias e reclamações quanto à demora no atendimento e na questão de infraestrutura.
RELEMBRE
VÍDEO: Com pedaço de pau, mulher faz quebra-quebra em unidade de saúde de Juiz de Fora
APÓS MANIFESTAÇÕES: Acordo para garantir atendimento 24h no Pronto Atendimento Infantil é assinado em Juiz de Fora
Mudança
Segundo a Prefeitura, o objetivo da troca “é proporcionar um ambiente mais seguro para os profissionais, pacientes e acompanhantes”.
Devido à mudança e a necessidade do transporte de materiais e equipamentos, o novo endereço do PAI inicia os atendimentos às 19h desta quinta-feira.
Até que a conclusão da transferência, os responsável devem buscar atendimento em:
casos de sintomas iniciais ou leves: Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Departamento de Saúde da Mulher, Gestante, Criança e do Adolescente (DSMGCA).
aumento dos sintomas: Unidades de Pronto Atendimento (UPA).
Antigo espaço
Móveis são retirados no prédio na Avenida dos Andradas, em Juiz de Fora
Nayara de Paula/TV Integração
O antigo espaço, localizado na Avenida dos Andradas, começou a ser desocupado na manhã desta quinta-feira. A reportagem da TV Integração esteve no local e constatou a retirada de móveis e outros objetos. A Prefeitura ainda não informou o que será feito no prédio e se terá algum outro uso.
LEIA TAMBÉM:
‘NÃO VOLTOU MAIS’: Mãe busca por adolescente desaparecido há 2 meses em bairro ocupado pela PM em Juiz de Fora
VIÇOSA: Justiça determina afastamento do provedor do Hospital São Sebastião por irregularidades em plantões médicos
TRAGÉDIA: Pedestre morre atropelado no Parque Guarani, em Juiz de Fora
📲 Confira as últimas notícias do g1 Zona da Mata
📲 Acompanhe o g1 no Facebook e Instagram
📲 Receba notícias do g1 no WhatsApp e no Telegram
VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

Adicionar aos favoritos o Link permanente.