Ciclistas são flagrados ‘pegando carona’ na traseira de carretas em rodovias federais na Bahia

A prática, chamada de “ponga”, coloca em risco a vida do próprio ciclista e pode gerar punição ao motorista da carreta. Vários ciclistas foram flagrados “pegando carona” na traseira de carretas e caminhões que trafegam nas BRs 242 e 135, na região oeste da Bahia. A prática, chamada de “ponga”, é uma infração de trânsito grave, que coloca em risco a vida de quem está na bicicleta.
Os casos foram flagrados principalmente por motoristas que passavam pelos trechos urbanos das duas rodovias federais, que fazem parte da rota de escoamento do agronegócio na Bahia. Nas várias imagens é possível ver os ciclistas pedalando com apenas uma mão, enquanto seguram as carretas.
O agente Polícia Rodoviária Federal (PRF), Cleiton Correia, explica o tipo de punição que essa infração de trânsito pode gerar.
“O ciclista pode ser autuado e a bicicleta pode ser apreendida, até que seja haja o pagamento da multa por estar conduzindo a bicicleta de forma agressiva. Esses casos costumam ser registrados tanto no centro da cidade, quanto em regiões próximas às indústrias, onde as pessoas estão indo trabalhar de bicicleta”, explicou.
Também segundo Cleiton, o motorista da carreta também pode sofrer sanções caso perceba a prática da ponga e não aja para impedir a infração.
“O que nós recomendamos ao motorista é que, ele percebendo que a pessoa pegou a ponga, sinalize e vá reduzindo a velocidade do veículo e levando para o acostamento, para mostrar para esse ciclista que vai parar. Não pode fazer bruscamente, porque pode acabar atropelando o ciclista, então tem que ser de forma ordenada. Se ele [motorista] perceber e não fazer nada, colocando a vida do ciclista em perigo, ele pode ser punido”.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Adicionar aos favoritos o Link permanente.