Líder indígena Puyr Tembé é empossada como secretária dos Povos Indígenas do Pará


Puyr é ex-presidente da Federação Estadual dos Povos Indígenas do Pará e membro da executiva da União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira. Puyr Tembé empossada para o cargo de secretária dos Povos Indígenas do Pará.
Reprodução
A líder indígena Puyr Tembé, de 44 anos, foi empossada nesta quarta-feira (12) para o cargo de secretária dos Povos Indígenas do Pará (Sepi). A pasta foi criada para ampliar e consolidar as ações do governo estadual frente às políticas públicas dos povos originários.
A cerimônia de posse ocorreu no Theatro da Paz, em Belém. A nova secretária disse que pretende ajudar, somar e construir um estado mais inclusivo aos povos indígenas.
Leia mais: Puyr Tembé fala sobre protagonismo feminino e prioridades contra o desmatamento.
“A gente acaba de receber demandas dos povos indígenas. Acho que a secretaria chega exatamente para esse momento, de fortalecer, de buscar, de articular e de executar políticas públicas a quem é de direito”, afirma.
Puyr é ex-presidente da Federação Estadual dos Povos Indígenas do Pará e membro da executiva da União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira.
Antes de se tornar uma liderança, Puyr Tembé cresceu na aldeia São Pedro, dentro da Terra Indígena Alto Rio Guamá, que é uma das cinco áreas indígenas no Pará que estão entre as dez mais ameaçadas pelo desmatamento na Amazônia, segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).
O anúncio de Puyr como titular da Secretaria dos Povos Originários do Pará foi feito pelo governador no dia 31 de janeiro. A instalação da pasta já era um pedido da Fepipa e foi anunciada em meio às notícias envolvendo o povo Yanomami, ameaçado pelo garimpo ilegal em Roraima, que mobilizaram ações do governo federal.
VÍDEOS: veja todas as notícias do Pará
Confira outras notícias do estado no g1 PA

Adicionar aos favoritos o Link permanente.