Moradores reclamam de alagamentos após fortes chuvas em Bonito, no nordeste do Pará


Moradores dizem que já ocorreram quatro alagamentos este ano no centro da cidade. Moradores de Bonito reclamam de alagamentos na cidade
Moradores da cidade de Bonito, no nordeste do Pará, reclamam de alagamentos no centro da cidade. De acordo com relatos, já foram quatro grandes alagamentos que afetam moradores, motoristas e pedestres que passam pela avenida Charles Assad, que também é a continuação da PA-322. Nesta última terça-feira (11), moradores protestaram no local.
Um dos moradores, o professor Reinaldo Lisboa, explica que o local onde ocorre o alagamento de forma mais intensa fica na nascente do rio Peixe-Boi. Na área há um muro de proteção e um tubo, que dá vazão à água, mas o volume das chuvas tem sido muito alto e o tubo não tem sido suficiente e água acaba passando por cima do asfalto.
Na terça-feira (11), estudantes tentaram passar, assim como outros veículos, mas não conseguiram. A via ficou interditada por cerca de 5h, de acordo com o morador.
Rua na estrada de Bonito fica destruída após forte chuva.
Reprodução
Nas imagens é possível ver que parte do asfalto cedeu, situação que está assim desde o ano passado, quando houve uma forte chuva. A Prefeitura informou que esta situação na via ocorreu na terça (11).
A administração municipal tentou solucionar o caso junto com a Secretaria de Estado de Transporte (Setran) com a inclusão de pedras, chamadas de britas, porém, as últimas chuvas levaram novamente.
“Eles [os representantes públicos] estão demorando a perceber que tem necessidade de uma ponte de concreto, por se tratar de um balneário e da nascente de um rio importante”, comenta Reinaldo.
Outro morador afetado pelos alagamentos é o motorista, Ariclenes Sousa. Ele diz que a situação está insustentável e os moradores estão sofrendo.
“Queremos uma resposta das autoridades porque o prefeito só fala que vai atrás de recursos e nada desses recursos chegarem em nosso município”, afirma.
A Prefeitura de Bonito emitiu nota oficial lamentando o ocorrido em relação à elevação do rio Peixe-Boi e informou que está adotando as providências necessárias, junto ao Governo do Estado, para minimizar os impactos provocados na trafegabilidade de veículos e munícipes.
“Trata-se de consequências em razão do forte inverno amazônico que assola não só nosso município, assim como tantos outros. Não estamos medindo esforços para a solução do problema”, diz a nota.
Sobre a construção da ponte, a Prefeitura informou que existe a intenção de realização da obra, mas ainda não há prazo para realizá-la.
Assista a outras notícias do Pará:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.