Governo Federal reconhece situação de emergência em mais duas cidades do AC por conta de enchentes


Portaria foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (12) e lista 35 cidades afetadas por desastres. Em Sena Madureira, Rio Iaco desabrigou mais de 70 pessoas
Arquivo/Corpo de Bombeiros
O governo federal reconheceu situação de emergência decretada pelas prefeituras de Capixaba e Sena Madureira por conta da cheia do Rio Acre e Rio Iaco, respectivamente. A portaria de reconhecimento foi publicada nesta quarta-feira (12) no Diário Oficial da União (DOU), assinada pelo secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff Barreiros.
LEIA TAMBÉM:
Sobe para oito o número de cidades do AC que declararam situação de emergência por conta de enchentes
O decreto de situação de emergência em Sena Madureira, com validade de 60 dias, foi assinado pelo prefeito Osmar Serafim e publicado na edição de 30 de março do Diário Oficial do Estado (DOE). Já a de Capixaba, a declaração de emergência tem validade de 120 dias e foi publicada no dia 4 de abril.
Das oito cidades acreanas que declararam situação de emergência devido a inundação de rios e igarapés, apenas a situação de Porto Acre ainda não foi reconhecida pelo Governo Federal. Abaixo, todos estes declararam situação de emergência.
Rio Branco
Brasiléia
Xapuri
Epitaciolândia
Assis Brasil
Sena Madureira
Porto Acre
Capixaba
Enchente do Rio Acre atinge cerca de 75 mil pessoas somente na capital acreana
Marcos Vicentti/Secom
Reconhecimento da União
O governo federal reconheceu a situação de emergência decretada pelas prefeituras de Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri por causa da enchente do Rio Acre que atingiu milhares de moradores da região do Alto Acre. A portaria de reconhecimento foi publicada no último dia 28 de março, no Diário Oficial da União (DOU).
Além dessas três cidades, a União já tinha reconhecido a situação de emergência na capital acreana, Rio Branco, no dia 25 de março, em razão da cheia do Rio Acre, das enxurradas ocasionadas pelas fortes chuvas e pela consequente cheia dos igarapés da região.
Reveja os telejornais do Acre

Adicionar aos favoritos o Link permanente.