TRF-2 absolve ex-governador Luiz Fernando Pezão na Lava Jato


Ex-governador havia sido processado por corrupção passiva e ativa na “Operação Boca de Lobo”, uma das fases da Lava Jato. Pezão havia sido condenado em primeira instância pelo juiz afastado Marcelo Bretas. Apelação de Pezão foi aceita e ele foi absolvido
Fernando Frazão/ Agência Brasil
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) absolveu nesta quarta-feira (12) o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão das acusações de corrupção passiva e ativa, oriundas das investigações da “Operação Boca de Lobo”, uma das fases da Lava Jato.
Pezão foi condenado em 2019, pelo então juiz federal Marcelo Bretas. Além de corrupçãoo, pesavam sobre o ex-governador acusações de organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Luiz Fernando Pezão chegou a ser preso em novembro de 2018, após uma operação da Polícia Federal, mas foi solto em dezembro de 2019.
“Trata-se de decisão que resgata a dignidade e honra do ex-governador, que teve seu mandato precocemente interrompido e ficou mais de um ano injustamente preso, com base em delações mentirosas e ilações do Ministério Público Federal. Ganham a democracia e o Estado de Direito”, disse em nova a defesa do ex-governandor feita pelo escritório Mirza & Malan Advogados.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.